Header Ads

Morador denuncia presidente do residencial Brisa da Serra de começar a vender espaços públicos


O morador nos enviou uma nota informando as aberrações que  vem ocorrendo no residencial Brisas da Serra em Juazeiro, veja:

"Sou morador do conjunto habitacional Brisa da Serra e estou indignado em saber que o presidente do bairro começa a vender locais publico. 

Nosso Brisa da Serra tem um ponto de ônibus final que fica parado 2 ou 3 ônibus pois são muitas pessoas que se saem daqui. O Brisa tinha um ponto de ônibus antes de ser vendido para o homem que vende batata frita que está fechando o ponto de ônibus para montar um comercio, ele vende de tudo embaixo e sendo que tem até 2  freezer de sorvete que a energia é um gato. Ele vende ganha é nos que paga, ridículo como funciona as coisas aqui, até a nossa associação agora vai ser pontos comerciais um já é da Joafra. Eu como morador e moro em cima se precisar da associação para velar um corpo de um familiar, fazer um aniversario eu vou usar aonde? Ministério Publico bora fiscalizar. 

O presidente já levantou os muros de outro quiosque que tem na frente da casa dele é já está oferecendo pro povo alugar, é assim que funciona ganho minha casa pago minhas parcelas e o presidente do bairro se beneficia do nosso brisa? Espero que a prefeitura e o ministério publico corrija logo isso, caso contrario vamos fazer um abaixo assinado e vamos pra todas as mídias. Queremos alguém pra ajudar e não pro comer. Uns se beneficia e outros não?"

O morador também diz:

"Meu primo vendia espetinho embaixo de onde foi vendido agora e a prefeitura multou e tirou ele, fez errado? Pela lei não. Mas meu primo não fechou o ponto de ônibus não, e agora eles fecham. Ahh mais o cara da batatinha disse que paga ao presidente, então foi por isso que meu primo foi removido e ainda multado. Juazeiro sendo Juazeiro."

De um morador indignado 

3 comentários:

  1. Isso é verdade, pois moro no brisa e o pó dono do brisa está sim comercializando o nosso residencial.queremos providências.

    ResponderExcluir
  2. Isso se chama gente usarenta, muitos desses quiosques estavá abandonados sem telhado, bancos quebrados, etc. E os moradores estavam nem aqui para os quiosques e por que a preocupação só agora? Por que o homem tá ajeitando o lugar e fechando? Ou é por que não souberam escolher seu próprio sindicatô do bairro? Minha opinião é que só verem seus proprios erros depois que alguém quer se beneficiarefere com tudo. Os quiosques estavam sem telhado, sem bancos, ali naqueles locais não tinham nem tem como ser velado um corpo, nem fazer uma festa de aniversário nas situações que se encontrava. OSair quiosques estão ajeitados por que "alguns" estão querendo tirar proveito dali, sendo que era pra serem ajeitados desde sempre é pelos próprios moradores pois é seus próprios filhos que vandalisam tudo.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia. O homem da batatinha não só comercializa algo como tambem cuida da praça né ?? Imagine só se ele não estiversse ai como essa pra poderia está, como as outras toda acabada e sem ter nem um motivo pra pessoas sentarem nelas, pq o movimento do comercio dele e do bingo e o que faz a praça ter mais animo,e sem pensar nos seus filhos ous parentes que estão na fazem de crescimento,ão inves deles etar perambolando eles ficam nessa praça ai que voce esta querendo acabar, olhando o movimento que so tem por conta dos comercios, cama elastica, bingo, batata frita e etc, pensa nessa praça como as outras sem graça, sem movimento talves com pessoas dogadas ou usa algo ai, so tendo onibos pra movimentar a praça,voces podem ser ate assaltados com essa praça ai sem ninguem!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.