Header Ads

Acessibilidade é o foco da fase em andamento na obra do Parque Fluvial de Juazeiro



A obra do Parque Fluvial, uma das principais em andamento atualmente em Juazeiro, está executando as rampas de acessibilidade. A intervenção tem como objetivo promover a revitalização física e paisagística de toda a área considerada como degradada da orla fluvial juazeirense, no trecho entre o muro da Marinha e o início do bairro Angari, uma extensão de aproximadamente 3,5 Km.

A obra é uma iniciativa da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR), fruto de uma parceria do Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA) do Ministério do Meio Ambiente e do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal.

De acordo com o engenheiro da SEDUR Lucas Souza, todas as estruturas de escadas e rampas existentes serão mantidas, passando por reforma, e algumas adequações serão feitas para promover acessibilidade em todo o equipamento. “A rampa de acesso ao terminal hidroviário, trecho que estamos trabalhando agora, vai receber um estrutura metálica, piso táctil, com o objetivo de diminuir o declive e assim permitir que as pessoas com deficiência tenham acesso ao terminal e ao Parque”, explica Lucas Souza, acrescentando que as medidas tomadas atendem a NBR 9050 “que estabelece critérios e parâmetros técnicos a serem observados quanto ao projeto, construção, instalação e adaptação do meio urbano e rural, e de edificações  às  condições  de acessibilidade”, acrescenta o engenheiro.

Ainda de acordo com Lucas Souza a outra modificação a ser feita em relação aos acessos para o Parque Fluvial será a implantação de duas escadas metálicas. “Uma será no trecho do Parque que está localizado na Av. Adolfo Viana e a outra juntamente com a rampa metálica que está em construção vai compor o acesso do terminal hidroviário”, destaca Souza.

“A obra do Parque Fluvial de Juazeiro vai muito além da revitalização da margem do Rio São Francisco, de promover um equipamento de lazer e de práticas esportivas ou até mesmo de mudar a cara de um dos principais cartões postais da nossa cidade, ela também tem como objetivo promover a acessibilidade para os portadores de deficiência. E esse é o foco da fase da obra em andamento”, observa o secretário de Obras e Desenvolvimento Urbano Hemerson Guimarães.

Parque Fluvial – A intervenção conta com uma força tarefa que envolve várias secretarias municipais: SEDUC, SAAE, SESP, SEDIS e SECULTE. A intervenção iniciada em novembro de 2017 até o momento já executou a implantação de academias da saúde, parques infantis, 98% da extensão da pista de Cooper, ciclovia em toda a extensão do parque, recuperação do campo de esportes, das quadras poliesportivas e de areia, e ainda vai executar estruturação e ordenamento do mirante.


Além disso, será criado um atracadouro náutico, reaproveitamento da cobertura do espaço onde estão localizados os bares do M para a criação de um terminal hidroviário. As barracas que ficavam próximas a Marinha já foram retiradas da margem do rio por questões ambientais e serão ordenadas e padronizadas na área da calçada  que será ampliada, em resumo Juazeiro terá uma nova área de lazer, um novo cartão postal para suas famílias.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.