Casa Nova-Ba: Ex-coordenador da operação pipa denuncia que escolas do interior estão recebendo água contaminada por esgotos



Em entrevista ao Programa Casa Nova em Revista – Rádio Juazeiro, neste sábado (01/07), Luciano Galvão, um dos ex-coordenadores da Operação Pipa em Casa Nova (BA), denunciou que as escolas do interior do município estão sendo abastecidas com água contaminada por esgotos.

Na entrevista ao jornalista Ramos Filho e ao comentarista João Honorato, Luciano Galvão afirmou que os pipeiros responsáveis pelo abastecimento das cisternas que atendem às escolas da zona rural do município, fazem a captação da água numa lagoa que fica próxima à Vila Galvão, onde são despejados esgotos. Ainda de acordo com Luciano Galvão, o Exército distribui pastilhas de cloro para tratar a água, mas isso não dá a garantia de que o líquido chegue apropriado para o consumo das crianças nas escolas.

Luciano Galvão, que atuava na Operação Pipa desde o começo do ano e rompeu com o prefeito Wilker Torres, na sexta-feira (30/06), garante que decidiu pedir exoneração da gestão atual, por não compactuar com tais irregularidades. Filiado ao PR, ele é liderança na localidade de Canoinha, no interior de Casa Nova e foi candidato a vereador na eleição passada.

Luciano Galvão provocou a Coordenação Municipal de Defesa Civil (COMDEC), a APLB-Sindicato, o Ministério Público e Poder Judiciário, para que apurem esta denuncia e corrijam o problema, para evitar que as crianças das escolas rurais de Casa Nova continuem bebendo água captada numa lagoa contaminada por esgotos.


Ramos Filho

Compartilhe

Posts Relacionados