Header Ads

Serra-talhadense desaparecida é encontrada morta em Petrolina



A serra-talhadense Carla Oliveira, que estava desaparecida desda o último dia 30, foi encontrada sem vida, no IML da cidade de Petrolina, no Sertão do São Francisco.

Segundo amigos, Carla Oliveira estava com depressão e tinha desaparecido de casa, em Serra Talhada, desde o dia 30 de maio. Ela havia sido vista pela última vez andando sobre uma ponte, na cidade de Juazeiro-BA.


No dia 31 de maio, foi localizado, à margens do Rio São Francisco, em Petrolina-PE, o corpo de uma mulher que tinha morrido afogada e foi conduzida, como indigente para o IML de Petrolina. Após disseminação do apelo da família nas redes sociais, acusando o desaparecimento de Carla Oliveira, uma amiga de ‘Carla’, residente em Petrolina, foi até o IML local e verificou que o biotipo da mulher encontrada afogada no dia 31 de maio, bem como as vestes, tinham as mesmas características de ‘Carla”. Foi mantido contato com a família, que só neste domingo (04), foi ao IML petrolinense e reconheceu o corpo. Infelizmente, mesmo em avançado estado de decomposição, foi confirmado que o corpo era o de Carla Oliveira, filha do sargento aposentado Normando Inácio, conhecido popularmente como ‘Biró’, hoje mototaxista no HOSPAM.

O corpo de Carla Oliveira será trasladado para a cidade de Serra Talhada, onde deverá ser sepultado.
Tecnologia do Blogger.