Tentativa de assalto em ônibus da Progresso em Cabrobó acaba em quatro suspeitos mortos

Na noite desta segunda-feira dia (08), por volta das 23:30, quatro gatunos morreram após tentarem assaltar um ônibus da Progresso que fazia a linha Petrolina-PE à Paulo Afonso-BA, na BR-428 próximo ao Assentamento Jiboia, na zona rural de Cabrobó, no Sertão de Pernambuco.

Segundo informações, um policial do Estado de Sergipe estava entre os passageiros e reagiu a tentativa de assaltado entrando em confronto com os meliantes. O policial conseguiu alvejar os gatunos, onde três deles foram a óbito ainda dentro do ônibus. Um quarto integrante do bando também foi atingido e encontrado morto nas proximidades (caatinga).

Os corpos dos criminosos foram identificados como sendo de DEUSIVAN BRITO DO NASCIMENTO, de 20 anos, WANGLEYSON OLIVEIRA DOS SANTOS, de 24 anos, WANDERSON JOSÉ DA SILVA, de  22 anos, e ROBSON PEREIRA DOS SANTOS, de 17 anos, todos naturais de Cabrobó-PE. Um quinto integrante que estava em um veículo modelo Gol se evadiu do local e até o momento não foi localizado. 

De acordo com informações da Polícia Civil (PC) de Cabrobó, o veículo foi parado na BR-428 por um carro branco, com, pelo menos, cinco bandidos.
“Eles chegaram atirando, o motorista parou o ônibus, três desceram do carro ainda atirando e o motorista foi obrigado a abrir a porta. Eles entraram e ficaram na cabine. Perguntaram se tinha algum policial no ônibus, porque se tivesse matariam”, disse o policial que registrou a ocorrência, mas preferiu não ser identificado. Após a abordagem os assaltantes obrigaram o motorista a dirigir até uma estrada de terra, afastada da rodovia.

“Quando o ônibus começou a se deslocar o policial pediu para os passageiros ficaram abaixados e se posicionou na frente esperando o momento para agir. Quando os assaltantes estavam ainda na cabine, eles abriram a cortina, bateram no vidro com um revólver e gritaram pedindo um passageiro como refém, lá na frente com eles. Foi o momento que o policial reagiu e matou os três”, contou o policial.

Os corpos dos quatro homens, entre eles um menor de idade, foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina.

Compartilhe

Posts Relacionados