Motorista de escolta é detido com documento falsificado em Ouricuri




Documentação apresentada havia perdido a validade e empresa responsável não era mais credenciada para prestar o serviço

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um motorista de escolta com um documento falsificado no último sábado(13), na BR 316, em Ouricuri, no Sertão. O homem, de 52 anos, realizava o acompanhamento de uma pá eólica que havia saído de Ipojuca, em Pernambuco, com destino ao município piauiense de Curral Novo do Piauí.

Agentes da PRF realizavam uma fiscalização no quilômetro 82 da rodovia, quando deram ordem de parada a uma carreta e ao carro que fazia o serviço de escolta. Ao verificar a documentação apresentada pelo motorista, foi constatado que o Certificado de Vistoria de Veículo de Escolta apresentava sinais de falsificação.

A equipe descobriu que o documento teve sua validade expirada em dezembro de 2016 e a empresa responsável pela escolta havia sido descredenciada em abril deste ano.

O homem foi encaminhado junto com a documentação à delegacia de Polícia Civil local, para as devidas providências legais. Ele deverá responder pelo crime de uso de documento falso, que prevê pena de reclusão, de 2 a 6 anos, e multa.

Compartilhe

Posts Relacionados