Secretaria de saúde de Juazeiro alerta população para o combate ao Aedes Aegypti durante o período chuvoso



Em Juazeiro, durante o período das chuvas o índice de notificações de doenças transmitidas por insetos (aborviroses) aumenta. Por esse motivo, a Secretaria de Saúde (Sesau) do município alerta a população acerca dos cuidados que devem ser tomados dentro de casa, para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor das doenças: dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

De acordo com o secretário de Saúde Plínio Amorim, no ano passado, foram notificados 214 casos de suspeita de dengue, deles 67 foram confirmados. Além disso, também foram detectados cinco casos de chikungunya no município. No mesmo período deste ano, apenas 19 pessoas tiveram suspeita de dengue. "Nós reduzimos nossos índices, mas nos preocupamos com o início das chuvas na região. Desde novembro estamos realizando ações para a chegada deste período", afirma.

Só este ano, o carro fumacê já passou por 13 bairros de Juazeiro. Além disso, em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), foi realizada a limpeza e o tratamento com cal virgem dos canais do João XXIII, Jardim São Paulo, Lomanto Júnior e Alto do Alencar.

As praças e fontes da cidade também estão sendo tratadas com larvicidas, mesmo produto que é usado quando há visitas em domicílios.O trabalho perifocal, feito com a bomba de pulverização costal, também está acontecendo semanalmente (sextas-feiras), em locais com grande acumulo de sucata, como borracharias, ferros velhos e postos de gasolina.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Tatiane Malta, destaca que todo recipiente que pode acumular água pode ser um criadouro do mosquito. "A fiscalização dos quintais, terrenos, vasilhas de plantas e caixas d'água, por exemplo, devem ser feitas rotineiramente. Também é importante lembrar que a população pode realizar denúncias quando tiver conhecimento de casas abandonadas com piscinas ou mesmo lixo. Existe uma determinação legal que possibilita a ação dos agentes de combate às endemias nesses locais", pontua.

Para informar a Secretaria acerca de possíveis focos de dengue, o número de telefone é: (74) 9 9198 3057. O contanto pode ser feito por ligação ou via mensagem pelo aplicativo WhatsApp. 

Ascom/Juazeiro

Compartilhe

Posts Relacionados